Como depilar o ânus

Como depilar o ânus

Uma das práticas estéticas cada vez mais comum na atualidade é a de depilar o ânus. Uma depilação anal, se for feita com cuidado e com a ajuda de um especialista, pode ajudar a eliminar o pelo antiestético desta área e fazer que fique perfeito na praia ou em qualquer outro momento. Você deve levar em consideração que, ao se tratar de uma área delicada do corpo, é recomendável usar alguns métodos específicos para que o resultado seja ótimo, por isso neste artigo do umCOMO mostramos a você como depilar o ânus de uma maneira efetiva.

É normal ter pelos no ânus?

Sim, pelo no ânus é algo absolutamente normal! Os pelos são estruturas exclusivas de mamíferos e não essenciais para o bom funcionamento do corpo, estando presentes em todos a a pele com exceção de poucos locais como palmas das mãos e lábios[1]. Biologicamente, os pelos servem para proteger as áreas mais sensíveis do corpo - por essa razão a maioria dos adultos têm pelos nas partes íntimas, nas axilas, etc. além disso, os pelos também servem para proteger a pele da luz solar e controlar a temperatura corpórea.

Em locais como órgãos genitais e ânus, os pelos também servem para evitar o contato do corpo com bactérias. Ter pelos no ânus é normal - depilar deve ser uma opção e não uma obrigação. Pense sobre isso!

Depilar o ânus faz mal?

Apesar de os pelos serem uma barreira protetora, depilar o ânus não faz mal desde que você siga os procedimentos corretos. O ideal é depilar a região com cera, porque a lâmina pode provocar pequenos ferimentos, além de causar escurecimento da pele. Por isso, depilar o ânus sozinha deve ser evitado - dê preferência a fazer a retirada dos pelos com um esteticista profissional.

Também se deve evitar usar creme depilatório no ânus, afinal, produtos do tipo contêm uma grande quantidade de ativos químicos que podem irritar a região anal, que é muito sensível, podendo até mesmo descamar a pele e causar lesões.

Veja abaixo opções de como tirar os pelos do ânus.

Depilação anal com cera

De acordo com especialistas da Universidade do Vale do Itajaí[2], uma das maneiras que existem para depilar o ânus sem se machucar e cuidando da saúde de sua pele é através da cera. Trata-se de um método de remoção física dos pelos, diferentemente da remoção química (como o uso de cremes depilatórios, por exemplo) que consiste na remoção completa dos pelos, ou seja, a remoção dos pelos desde a raiz.

Para a depilação do ânus, recomenda-se o uso da cera quente, pois o calor ajuda a dilatar os folículos capilares, facilitando a remoção dos pelos. Por se tratar de uma região sensível, a temperatura da cera deve ser controlada para evitar queimaduras.

Apesar de a forma mais prática ser marcando atendimento com um profissional, você pode também fazer a depilação anal tanto em casa com as folhas de cera fria ou com cera morna. Contudo, se for mesmo fazer em casa, é recomendável que tenha alguma pessoa que te ajude a depilar o local, já que se trata de uma área de difícil acesso. Outra maneira de fazer isso é usar um espelho pequeno que mostrará o local, mas é um pouco complicado conseguir os resultados desejados.

Sem dúvida, a opção mais recomendada para depilar o ânus é fazê-lo em um centro de estética onde um profissional depilará essa região com os cuidados e atenções necessários. Lembre que o ânus é uma zona muito sensível que não pode ser depilada como as pernas, por exemplo.

Muitas pessoas ficam receosas em depilar o ânus pela questão da vergonha, por ser uma parte do corpo tão íntima. O mais importante para driblar essa sensação, se você quer muito depilar o ânus, é se lembrar que os esteticistas foram treinados para isso e estão acostumados. No entanto, estar com o local limpo e higienizado é fundamental.

Sugestão: Como limpar bem o ânus

Depilar o ânus dói?

Quando à questão da dor, saiba que depilar o ânus dói muito menos do que outras partes do corpo como pernas, virilha e até sobrancelha, apesar de a sensibilidade à dor de cada pessoa ser diferente. Via de regra, são poucos os relatos de dor na hora de depilar essa região.

Como depilar com cera as partes íntimas

Na hora de escolher entre os vários tipos de cera para depilação íntima, é preciso levar em conta de que a pele dessa parte do corpo é muito fina e delicada, exigindo cuidados especiais. Por isso, a cera ideal para depilar as partes íntimas é a cera quente. Para evitar ferimentos e queimaduras em regiões tão sensíveis como virilha e ânus, você deve dar sempre preferência a depilar-se com um profissional capacitado. Busque por centros de beleza e depilação na sua região.

Para depilação íntima em outras partes do corpo, você pode dar uma olhada em artigo específicos para cada uma delas. Sugerimos a leitura do artigo sobre como depilar a vagina (virilha) ou, no caso dos homens, sobre como depilar o o saco escrotal.

Depilar o ânus com fotodepilação

Outra alternativa que você pode usar para depilar o ânus é a fotodepilação. Este método de depilação consiste em um equipamento de luz pulsada que transmite uma energia ao pelo que gera calor e que termina por destruir o folículo do pelo.

Para tirar o pelo do ânus é importante que saiba que, se escolher a fotodepilação, a quantidade de sessões variará sempre de pessoa para pessoa, mas os resultados deste tratamento são espetaculares já que pode chegar a eliminar de 70 a 80% do pelo da região tratada.

A maior vantagem da fotodepilação é que, ao contrário de métodos mais convencionais como a cera, os pelos não voltam a crescer como antes. Se você procura uma solução definitiva para eliminar pelos, essa técnica pode ser a ideal, afinal, faz com que os pelos deixem de crescer por anos e por vezes nunca mais voltar a aparecer.

Leia também: Como depilar os testículos

Depilação com laser

Como terceira e última opção, para eliminar o pelo do ânus recomendamos a depilação com laser. Esta técnica consegue eliminar o pelo de forma prolongada conseguindo reduzir em até 80% o pelo da área tratada. Devido a sua durabilidade e praticidade, esta forma de retirar os pelos vem crescendo em popularidade tanto entre os homens como entre as mulheres.

Entre as vantagens da depilação a laser realçamos que é um tipo de tratamento apto para todo tipo de peles, também pode ser usado em qualquer parte do corpo (inclusive em zonas tão delicadas como o ânus) e também melhora a qualidade da pele.

A depilação a laser é muito durável - os pelos só voltam a aparecer em cerca de um ano e, via de regra, em menor quantidade. Apesar de ser mais cara, o valor pago em uma depilação a laser pode compensar a longo prazo - basta calcular quanto dinheiro você gasta para remover os pelos de uma determinada região em um ano e compará-lo com o custo total das sessões de laser.

Para fazer este tratamento de beleza você deverá ir a um centro especializado neste tipo de depilação onde informarão o número de sessões que seu corpo precisa, a efetividade do tratamento e os passos a seguir tanto antes como depois das depilações. Em outros artigos do umCOMO contamos a você como preparar a pele para a depilação a laser e como cuidar da pele após o laser.

Posso depilar o ânus com gilete?

Não. Essa forma de depilação é muito agressiva para as partes íntimas. Além disso, o uso de gilete pode provocar microcortes na pele, levando à infecções. O pelo também é cortado superficialmente, o que faz com que ele cresça mais rápido. Dê preferência à cera quente, que remove os pelos pela raiz.

Como você já deve saber, existem outros métodos de depilação tradicionais como as lâminas descartáveis, os cremes de depilação e os depiladores elétricos. Mas eles são tratamentos efetivos para depilar zonas específicas do corpo como pernas, axilas ou braços, no entanto, para locais mais delicados como as virilhas ou o ânus não são recomendáveis de forma alguma, pois podem chegar a causar irritação local assim como o aparecimento de coceira e espinhas e o risco de se machucar.

Por isso, para eliminar o pelo do ânus é recomendável usar um dos três métodos indicados acima e prescindir completamente de outros métodos mais convencionais, já que podem causar doenças e afetar a saúde de sua pele.

Sugestão: Quais são os tipos de depilação íntima?

Depilar as nádegas

Algumas pessoas têm mais pelos no bumbum, uma espécie de penugem, e optam por retirá-los. Raspar as nádegas é um processo simples e todos os métodos apresentados neste artigo também valem para depilar o bumbum, mas saiba que há risco de os pelos encravarem. Para evitar, esfolie regularmente a região com cremes específicos ou esfoliantes caseiros para a região íntima.

Não há segredos em como depilar as nádegas, afinal, pele da região mais grossa e lisa, sendo assim, é possível até mesmo utilizar lâminas e cremes depilatórios. Faça uso de um espelho para observar bem o processo e não correr o risco de deixar a depilação desigual.

Na dúvida, converse com um especialista em depilação do centro estético de sua preferência. Ele saberá orientar qual é o tipo de depilação mais indicada para cada região do corpo e que irá provocar o mínimo de reação e danos. A pele é o maior órgão do corpo humano e depilações podem não apenas machucar como deixar marcas que podem durar muito tempo, portanto realize os processos com muito cuidado!

Outros métodos não recomendáveis

Além das técnicas recomendadas para, é necessário saber o que não de pode usar quando queremos saber como depilar o ânus em casa, afinal, algumas técnicas podem não ser eficazes ou acabarem machucando nossa pele.

  • Creme depilatório: Ânus não é uma região na qual podemos utilizar creme depilatórios. Os cremes do tipo são bastante agressivos e recomendados apenas para regiões onde a pele é mais resistente, como as pernas, além disso, também é proibido utilizar cremes na face, exceto para aqueles específicos para serem utilizados na região. Na região íntima também não é recomendado o uso de cremes depilatórios, entretanto, podem ser utilizado na virilha, sem que entrem em contato com a mucosa genital.
  • Lâmina: Assim como os cremes depilatórios, as lâminas são agressivas e podem machucar a pele, ainda mais a do ânus que possui rugas. Além de machucar a pele, as lâminas não removem os pelos por completo, apenas removem a parte visível, sendo assim, os pelos logo crescerão novamente e poderão incomodar.
  • Linha: Uma técnica de depilação ainda pouco conhecida mas que vem crescendo é a técnica da linha, que consiste no uso de um fio de algodão ou poliéster para remover os pelos desde a raiz. Ainda que seja muito eficaz, a linha é recomendada para a remoção de pelos faciais, ou seja, pelos pequenos e finos, não devendo ser utilizada para depilação de áreas delicadas como o ânus.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como depilar o ânus, recomendamos que entre na nossa categoria de Beleza e Cuidados Pessoais.

Referências
  1. REYES, J. Á. S. FERNÁNDEZ, L. M. G. ÁVILA, J. R. BOUHANNA, P. El pelo. Generalidades y funciones. Educación Médica Continua. Dermatología, CMQ 2007; 5(4): 218-223. Disponível em: https://www.medigraphic.com/pdfs/cosmetica/dcm-2007/dcm074g.pdf. Acesso em: 31/05/2019.
  2. SANTOS, A. C. BESSANI, J. MACHADO, M. PAGANINI, T. Diferentes tipos de depilação: uma revisão bibliográfica. Disponível em: http://siaibib01.univali.br/pdf/anelise%20cruz%20dos%20santos%20e%20josistela%20bessani.pdf. Acesso em: 31/05/2019.