Partilhar

Como usar ácido salicílico

Por Paula Cassandra. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como usar ácido salicílico

Os ácidos são usados em muitos tratamentos estéticos, seja na forma de loções, cremes, géis e outros. Porém, é preciso saber como usá-los, já que cada um possui uma função específica ou é mais indicado para algum tipo de tratamento. Além disso, existem pessoas que podem ser sensíveis a algumas substâncias e não podem usufruir dos seus benefícios, mas há sempre alternativas. Para esclarecer algumas dúvidas, o umComo.com.br vai falar sobre como usar ácido salicílico e oferecer algumas dicas de tratamento.

Também lhe pode interessar: Tratamentos de beleza com limão
Passos a seguir:
1

O ácido salicílico possui propriedades esfoliantes e antimicrobianas, por isso, está presente na composição de inúmeros produtos que promovem o afinamento da pele. Dessa forma, a substância é eficiente no tratamento de descamação da pele motivada por acne, caspa, dermatite seborreica, psoríase e ictiose. Outro de seus benefícios é controlar a oleosidade da pele, graças à sua propriedade adstringente, além de ter uma poderosa ação hidratante. O princípio ativo da substância é a salicilina, que foi originalmente extraída da casca do salgueiro.

Como usar ácido salicílico - Passo 1
2

Para o tratamento de acne é possível usar ácido salicílico em forma de loções tônicas, sabonetes, géis e emulsões fluidas, quando age como anti-inflamatório, eliminando também os cravos da pele. Nesses casos, o recomendado é que a sua concentração esteja entre 0,5 a 2%, sendo que os produtos que combatem a acne costumam combinar esse ácido com outras substâncias. Quem faz tratamento com o componente, entretanto, deve seguir a recomendação médica e usar o produto mesmo depois que a acne desaparecer, pois é preciso um uso prolongado para que os resultados sejam duradouros.

3

O ácido salicílico também é usado em produtos com ação anti-idade, uma vez que diminui linhas de expressão e rugas. Nesse sentido, causa menos irritação do que outros ácidos usados com a mesma finalidade. No caso de peelings, a concentração da substância deve estar entre 20 e 50%. Já que produtos com o ácido salicílico podem causar danos à pele, quando manipulados de forma errada, o melhor é que o tratamento seja acompanhado por um profissional especializado.

4

Em geral, esse ácido não pode ser aplicado na pele mais de uma vez por semana, caso contrário, é comum que provoque manchas avermelhadas, além de crostas e ressecamento na pele. Por isso, é importante ainda, antes de usar um produto que o contenha, certificar-se de que a pessoa não é sensível à substância, o que é relativamente comum. Em casos mais graves, o uso do produto pode causar taquicardia, dor no abdômen, tontura, perda de audição e problemas no sistema nervoso central.

5

Se não foi realizado teste de sensibilidade à substância e a pessoa se intoxicar com o produto é de extrema importância que seja encaminhada o quanto antes para o hospital. Nesse caso, o tratamento contra a intoxicação é feito por meio de corticoides orais ou injetáveis, de acordo com a gravidade da reação e recomendações do dermatologista. Outros cuidados que a pessoa deve ter a partir de então é evitar a exposição solar, utilizando protetor solar, óculos escuros e chapéus, afim de evitar mais manchas e queimaduras na pele.

Como usar ácido salicílico - Passo 5
6

Quem é alérgico ao ácido salicílico pode usar como alternativa o ácido mandélico. Mesmo assim, é importante ainda buscar ajuda médica para evitar novas reações alérgicas. Mulheres grávidas também devem conversar com o seu médico antes de usar qualquer produto, inclusive, os ácidos, já que grande parte deles é inapropriado para os períodos de gestação, uma vez que podem atravessar a placenta e chegar ao feto, colocando a sua saúde em risco.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como usar ácido salicílico, recomendamos que entre na nossa categoria de Beleza e Cuidados Pessoais.

Escrever comentário sobre Como usar ácido salicílico

O que lhe pareceu o artigo?

Como usar ácido salicílico
1 de 3
Como usar ácido salicílico

Voltar ao topo da página