Partilhar

Como utilizar o jejum, sem riscos, para perda de gordura

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como utilizar o jejum, sem riscos, para perda de gordura

O jejum é utilizado em diferentes partes do mundo com várias finalidades culturais, espirituais ou outros temas relacionados com a saúde. Quando se utiliza o jejum para baixar de peso, deve fazê-lo de forma intervalada. O objetivo é alcançar um curto intervalo dos alimentos e bebidas que contêm calorias. Estes jejuns, sem riscos, podem durar de 14 a 36 horas, de acordo com os peritos em nutrição. A seguir explicamos-lhe como usar o jejum para perder gordura, de qualquer forma em umComo.com.br avisamos que estas atividades devem ser sempre monitorizadas e controladas por um nutricionista e que estas teorias não são aceites por toda a comunidade de saúde.

Também lhe pode interessar: Como perder a gordura no rosto
Passos a seguir:
1

Leia sobre os diferentes estilos de jejum intermitentes antes de determinar qual é o mais adequado. Os métodos de jejum intermitente incluem um método rápido de 14 a 16 horas promovido por Martin Berkhan, um método de 24 horas promovido por Brad Pilon, ou o método de 36 horas que pode ser feito com segurança, depois de algumas experiências de jejum curtos.

2

Elimine uma refeição, como por exemplo o pequeno-almoço ou o jantar, para por à prova a sua tolerância para o jejum. Brad Pilon, autor do livro, "Eat stop eat", adverte que pode sentir fome, ansiedade e ira, inclusivamente no seu primeiro jejum. Ele atribui isto, a fatores sociais e emocionais mais do que à verdadeira fome.

3

Quando for bem sucedida ao pular uma refeição, retire todos os lanches da manhã e da tarde.

4

Faça um jejum de 14 a 16 horas quando remover com sucesso a refeição habitual da manhã e da tarde. Organize este jejum adaptando-se ao seu gosto. Por exemplo, se deixa de comer às 9 pm da noite anterior, não coma até à 1 pm do dia seguinte. Se deixar de comer às 12 da noite, jejue até às 4 da tarde do dia seguinte. Martin Berkhan assinala que ao retirar o pequeno-almoço e almoço para depois comer o jantar, satisfaz os padrões de alimentação social e emocional. A maioria das pessoas tende a gostar de ir para a cama ainda de estômago cheio, isto indica que é mais fácil saltarem as primeiras refeições.

5

Faça um jejum de 24 horas se já fez um de 14 ou 16 horas com relativa facilidade. Organize as suas 24 horas de jejum adaptando-se ao seu gosto. Se parar de comer às 2 da tarde, não coma até às duas da tarde do próximo dia. Se deixar de comer às 6 da tarde, não coma até às 6 da tarde do dia seguinte.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como utilizar o jejum, sem riscos, para perda de gordura, recomendamos que entre na nossa categoria de Peso e Imagem Corporal.

Conselhos
  • Faça jejum de 14 a 16 horas por dia o de 24 horas, de uma a três vezes por semana. Beba muita água ao longo do seu jejum. Beba refrescos de dieta, chá sem açúcar, café e bebidas sem calorias durante o jejum. Pode usar adoçante não calórico nas suas bebidas.
  • Tente jejuar em diferentes momentos do dia. À medida que utiliza o jejum intermitente, irá se acostumar a fazê-lo com um ritmo normal. Jejue no momento que mais lhe convir. Martin Berkhan avisa que quando se jejua e se come no mesmo dia, trata-se de hábitos de alimentação social.
  • Determine a taxa de metabolismo basal (TMB) e o gasto de energia total (nível de manutenção). Tal como em qualquer método de perda de gordura, o jejum intermitente não funciona se você consumir mais calorias do que as que consome diariamente. Utilize uma calculadora de BMR e faça um controle das suas calorias. O benefício do jejum intermitente é você ser capaz de baixar as calorias, sem esquecer das que precisa diariamente.
  • Consulte o seu médico antes de começar qualquer dieta.
  • O jejum intermitente não é para os adolescentes ou crianças menores de 18 anos.

Escrever comentário sobre Como utilizar o jejum, sem riscos, para perda de gordura

O que lhe pareceu o artigo?

Como utilizar o jejum, sem riscos, para perda de gordura
Como utilizar o jejum, sem riscos, para perda de gordura

Voltar ao topo da página