Partilhar

Como tratar os peitos assimétricos

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como tratar os peitos assimétricos
Imagem: ellahoy.es

É estranho a mulher ter os peitos simétricos. Quando os seios não são do mesmo tamanho chamam-se assimétricos. Um seio pode ter um tamanho diferente do outro. Pode ser maior ou ter uma forma diferente do outro. Se existe uma diferença de tamanho na copa dos seus seios, considera-se oficialmente assimétrica. Continue lendo este artigo de umComo.com.br e descubra como tratar os peitos assimétricos.

Vai precisar de:
Também lhe pode interessar: Como tratar o vitiligo ou clareamento da pele
Passos a seguir:
1

Reconhecer que à medida que uma jovem se desenvolve, se os seus peitos forem assimétricos isto irá se manifestar bastante cedo. Os seios assimétricos não costumam ser um motivo de preocupação, apesar de poder ser difícil encontrar um soutien que se adapte e poderá ser um problema estético para a pessoa em causa.

2

Averigue se os seus seios assimétricos são causados pelo síndrome de Poland, que é o resultado do fornecimento limitado de sangue embrionário. Esta circunstância é muitas vezes acompanhada por braços disformes e a falta de um músculo peitoral. Esta condição congênita, muito pouco frequente, pode afetar quer os meninos quer as meninas.

Os peitos tubulares são causados por uma prega inframamária inflexível. Se tem seios tubulares é provável que tenha a auréola larga e uma base de tecido mamário estreita. Os mamilos são frequentemente grandes e grossos, e os peitos podem ser muito assimétricos e deformados, bem como descaídos. Os procedimentos cirúrgicos podem corrigir isto mediante a redução do tamanho da auréola e alongamento e a ampliação da base tubular da mama, levantando os seios e ao mesmo tempo aumentando o tamanho do peito pequeno.

3

Tenha em conta que pode ter herdado esta condição. No entanto, os seios assimétricos também podem ser o resultado de problemas de crescimento ou desenvolvimento, uma queimadura no peito ou uma lesão. Outras causas do peito assimétrico podem ser, a gravidez, alterações fibrocísticas da mama, crescimento excessivo de tecido, que se chama hiperplasia, tumores da mama não cancerígenos ou quistos ou câncer da mama inflamatório, que não é comum.

4

Não faça uma cirurgia corretiva até ter 20 anos de idade e os seus seios se tenham desenvolvido completamente. Antes disso, pode encher o peito mais pequeno para que seja parecido com o tamanho da outra mama. Consulte uma especialista em soutiens e a forma de obter o seu tamanho e forma de soutien correto. Fale também com o seu médico sobre este assunto.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como tratar os peitos assimétricos, recomendamos que entre na nossa categoria de Beleza e Cuidados Pessoais.

Escrever comentário sobre Como tratar os peitos assimétricos

O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
Nirlene
Boa tarde. Gostei muito das dicas. São fáceis e simples. Agora só pôr em prática e ver se funciona. Mas até agora estou gostando.
angelica
Tenho peito assimetrico descobri agora que existe isso pra mim era e é um grande desconforto na adolescência foi orivel minha mãe não soube me explicar porque eu era assim então até hoje não procurei um médico,já tenho dois filhos e agora está pior do que antes gostaria de ajuda pra saber melhor sobre esse assunto e que posso fazer pra tentar melhorar meus seios

Como tratar os peitos assimétricos
Imagem: ellahoy.es
Como tratar os peitos assimétricos

Voltar ao topo da página