Partilhar

Como tratar queimaduras de cera depilatória

Como tratar queimaduras de cera depilatória

Optar pela depilação e ter uma pele lisinha é a preferência de muitas pessoas, entretanto, os métodos depilatórios podem causar acidentes e acabar machucando nossa pele. A falta de prática na hora de se depilar faz com que, às vezes, nossa possamos nos queimar com a cera e que apareçam feridas ou zonas de seu corpo com irritação. Em casos do tipo, é importante que saibamos que há alguns truques que ajudarão você a diminuir a dor e conseguir que sua pele fique com uma aparência melhor, afinal, lesões de depilação feitas com cera não costumam ser graves e podem muito bem serem tratadas em casa de forma a conseguimos nos recuperar.

Queimou-se ao se depilar com cera? Calma, já aconteceu com muitas pessoas e, neste artigo do umCOMO, contaremos para você como tratar queimaduras de cera depilatória com simples truques que conseguirão aliviar a irritação ou as feridas.

Também lhe pode interessar: Como escolher a cera depilatória

Queimadura de depilação, o que passar?

As queimaduras com cera quente devem ser tratadas imediatamente para minimizar o efeito produzido pelo calor em sua pele, afinal, queimaduras podem evoluir para quadros piores como infecções[1], o que piora o quadro de inflamação, que é característico das queimaduras[2]; para isso, você só terá que pôr a zona queimada sob água fria e deixá-la durante uns 15 ou 20 minutos para conseguir que esfrie e a pele relaxe. Além disso, a água fria também conseguirá que a cera se endureça e será bem mais fácil descolar de sua pele sem machucar. Se quando tenta tirar a cera vê que ainda dói bastante, o melhor é continuar com a água fria até que possa tirar sem dor.

As queimaduras causadas por cera costumam ser, assim como as causadas pelo sol, superficiais, o que significa que serão de primeiro grau e que são capazes de cicatrizar sozinhas[3], entretanto, é possível tomar cuidados extras para aliviar os sintomas como ardores e dores que podem surgir com a queimadura.

Após o cuidado inicial, você poderá passar alguns produtos, naturais e já prontos, para melhorar o quadro, como o Bepantol para queimadura de cera. Para saber outros produtos que poderão te ajudar, continue lendo esse artigo.

Como tratar queimaduras de cera depilatória - Queimadura de depilação, o que passar?

Aloe vera

Uma vez que conseguiu tirar a cera de sua pele, chegou o momento de aliviar as queimaduras e a irritação. Um aliado perfeito para este fim é o aloe vera, uma planta utilizada desde o Egito antigo para o cuidado de pele e cabelos[4]. A planta consegue aliviar as irritações de forma natural, curar as feridas e hidratar a pele em profundidade e a forma de aplicá-la em sua pele é cortando diretamente um pedaço de uma de suas folhas e aplicar a polpa que tem dentro sobre as feridas; se não tiver a planta, você também pode aplicar gel de aloe vera na zona afetada, além disso, saiba que também é possível utilizar a polpa da planta para pele irritada após depilação com cera, ainda que não esteja queimada.

Além de ajudar no tratamento de queimaduras, a Aloe vera também pode ser grande aliada em casos de psoríase, herpes genital e hiperglicemia, tendo propriedades antimicrobianas, anti-inflamatórias e imunomodulatória.[4]

Importante: ao fazer uso de fitoterápicos, tome cuidado pois, por vezes, não é efetiva comprovação científica de propriedade específica popularmente ligada a uma espécie justamente por ser algo que não ultrapassa a crença popular.

Para aprender mais sobre as propriedades medicinais da planta, veja também quais são os benefícios do aloe vera para a pele.

Rosa mosqueta

A rosa mosqueta, de nome científico Rosa aff. rubiginosa[4], é utilizada desde a antiguidades com fins medicinais, tendo hoje papel no tratamento de infecções, assaduras e inflamação na garganta[5], além disso, a planta também é ideal para combater as queimaduras provocadas pela cera já que hidrata a pele em profundidade, diminui as cicatrizes e regenera a pele, sendo altamente reconhecida como capaz de ajuda no processo de cicatrização[4].

Para fazer bom uso das propriedades da rosa, você terá que usar o óleo essencial de rosa mosqueta e aplicar na zona queimada, fazendo uma leve massagem para conseguir que se impregne bem na pele; as suas propriedades conseguirão aliviar o ardor e fazer com que a recuperação seja mais rápida.

Para saber mais sobre o produto, veja também quais são os benefícios do óleo de rosa mosqueta.

Camomila

Comumente utilizada para a produção de chás, outro remédio caseiro para as queimaduras com cera é a camomila, uma erva que consegue aliviar a irritação e acalmar a sua pele. Para aproveitar ao máximo as suas propriedades, o melhor é fazer uma infusão de camomila, deixá-la esfriar e, uma vez morna ou fria, aplicar sobre a zona afetada com a ajuda de um algodão. Com a aplicação, você verá que as propriedades medicinais desta planta conseguem que as queimaduras se aliviem e que o desconforto ocasionado pela depilação diminua.

Além de servir para queimaduras leves causadas por cera, a camomila, quando em maior concentração, pode ajudar até mesmo no tratamento de queimaduras graves, também tendo propriedades capazes de tratar acne, dermatite alérgica, queimadura solar, reações alérgicas cutâneas, assaduras com afecções fúngicas e candidíase perineal.[7]

Por ser eficaz no tratamento de alergias cutâneas, a camomila também será capaz de lidar com possíveis reações causadas pela cera.

Como tratar queimaduras de cera depilatória - Camomila

Outros cuidados

As queimaduras, ainda que leves, exigem bastante atenção pois, se não tratadas da forma correta, podem Sobretudo, deve ter em conta que se a sua pele está queimada pela cera, não deve expô-la nunca ao sol pois os raios UVA podem piorar o estado de sua pele e fazer com que a ferida não cure corretamente. Por isso é importante que durante os dias posteriores à queimadura, aplique um creme de proteção solar de fator alto, o melhor é optar por um que seja de 50 ou superior para evitar que o contato com o sol piore a sua pele.

Caso ocorram complicações em sua queimadura e você observe que o quadro não está evoluindo ou que está piorando, marque uma consulta com um dermatologista para que o caso seja particularmente avaliado e tratado de acordo com suas necessidades.

Para outros tipos de queimaduras, saiba como aliviar dor de queimadura.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como tratar queimaduras de cera depilatória, recomendamos que entre na nossa categoria de Beleza e Cuidados Pessoais.

Referências
  1. do VALE, E. C. S. Primeiro atendimento em queimaduras: a abordagem do dermatologista. Anais Brasileiros da Dermatologia, Vol. 80, Nº 1, pp. 9-19, 2005. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/abd/v80n1/v80n01a03.pdf. Acesso em: 29/06/2020.
  2. TELES, G. G. do A.; BASTOS, J. A. V.; AMARY, A.; RUFATTO, L. A.; RITTY, R. S.; BROGLIO, L. A. P.; SOUZA, L. S. Tratamento de queimadura de segundo grau superficial em face e pescoço com heparina tópica: estudo comparativo, prospectivo e randomizado. Revis Brasileira de Cirurgia Plástica, Vol. 27, Nº 3, pp. 383-386, 2012. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbcp/v27n3/09.pdf. Acesso em: 29/06//2020.
  3. Burns. General Institute of General Medical Sciences. Disponível em: https://www.nigms.nih.gov/education/Documents/BurnsFactSheet_Final.pdf. Acesso em: 29/06/2020.
  4. FREITAS, V. S.; RODRIGUES, R. A. F.; GASPI, F. O. G. Propriedades farmacológicas da Aloe vera (L.) Burm. f.. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, Vol. 16, Nº 2, pp. 299-307, Campinas, 2014. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbpm/v16n2/20.pdf. Acesso em: 29/06/2020.
  5. dos SANTOS, J. S.; dos SANTOS, J. S.; VIEIRAL, A. B. D.; KAMADAL, I. A Rosa Mosqueta no tratamento de feridas abertas: uma revisão. Revista Brasileira de Enfermagem, Vol. 62, Nº 3, pp. 457-462, Brasília, 2009. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/reben/v62n3/20.pdf. Acesso em: 29/06/2020.
  6. de OLIVEIRA, D. B.; DORNELLAS, E. Pele madura: a utilização de óleo de rosa mosqueta em produtos cosméticos. Revista Oswaldo Cruz, Vol. 19. Disponível em: http://revista.oswaldocruz.br/Content/pdf/Edicao_19_DANIELA_BENEDETTI_DE_OLIVEIRA.pdf. Acesso em: 29/06/2020.
  7. ANTONIO, G. D. Fitoterápicos e plantas medicinais que ajudam a cicatrização da les&a

Escrever comentário sobre Como tratar queimaduras de cera depilatória

O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
Erica
O bom pra clarear é a hidroquinona. E bastante filtro solar.
A sua avaliação:
ana paula rosa ribeiro
eu fiz uma depilação de busso em 2012 e não fui atras de uma solução, e agora eu gostaria de alguma pomada remedio que podesse então tirar o sinal da queimadura, será que resolve?

Como tratar queimaduras de cera depilatória
1 de 3
Como tratar queimaduras de cera depilatória

Voltar ao topo da página