Partilhar
Partilhar em:

Como tratar milia

Como tratar milia
Fonte: doctorv.ca

Milia, ou milium, são nomes dados às pequenas espinhas brancas e duras que surgem ocasionalmente na pele, sobretudo em redor dos olhos, em recém nascidos (milia primária) e também em adultos (milia secundária). No caso dos recém nascidos felizmente a milia acaba desaparecendo ao fim de pouco tempo, mas nas restantes idades essas persistem. Essas espinhas, que tecnicamente são quistos benignos, deixam intrigada qualquer pessoa que se preocupa com o cuidado da sua pele, sobretudo porque surgem em uma área geralmente seca e fina. Se você se identifica, continue lendo este artigo umComo.com.br e descubra como tratar milia!

Também lhe pode interessar: Por que é importante hidratar a pele

Causas da milia

A milia se caracteriza por espinhas salientes de coloração branca, como se contivessem pus no interior, e duras. Ao contrário do que acontece com os pontos negros, quando você tenta espremê-las o máximo que consegue é ferir a pele.

Chamadas de quistos epidérmicos, elas se tratam de bolinhas de queratina e não de gordura. As causas são várias: obstrução de folículos/glândulas sebáceas, incorreto desprendimento da pele morta (que permanece presa sob a superfície da pele), uso de loções com corticóides, excesso de sol e machucados na pele.

Fonte: pediatricsconsultant360.com

Ajuda especializada

Dado que a milia apresenta um acumulo de quetatina bem enraizado na pele, aconselha-se uma consulta ao dermatologista, a pessoa mais indicada para tratar o problema. Ele avaliará o grau de milia e, em seguida, a picará e removerá o conteúdo com a ajuda de utensílios próprios, num processo bem simples e rápido.

Fonte: vilamulher.com.br

Limpeza de pele caseira com óleos

Experimente fazer limpeza de pele caseira com óleos, mesmo que sua pele seja mista ou oleosa, pois o resultado será muito positivo.

Comece por misturar 3 colheres de sopa de óleo de rícino, 1 colher de sopa de óleo de jojoba (ou óleo de semente de uva), 1 colher de sopa de azeite de oliva e 1 ou 2 gotas de óleo essencial de lavanda (opcional). Molhe o rosto com água quente ou morna e, com as mãos, aplique a mistura de óleos no rosto e massageie realizando movimentos circulares; umedeça uma toalha com água quente e coloque sobre o rosto durante cerca de 1 ou 2 minutos. Passado esse tempo remova o óleo com a toalha, enxaguando-a em água morna quantas vezes for necessário, ou lave o rosto com o seu produto habitual. Repita uma vez por semana.

Fonte: desocupadaeamae.com.br

Ácido salicílico

Extraído da casca do salgueiro, o ácido salicílico é bem conhecido entre as pessoas que sofrem de espinhas, acne, psoríase e outros problemas de pele que envolvem descamação. Além de esfoliar e desinfetar a pele, ele afina o grão, controla a oleosidade e funciona como anti-inflamatório.

De forma a acabar com a milia, prefira usar produtos de limpeza de rosto que contenham esta substância, sobretudo os que são específicos para secar espinhas.

Fonte: onofre.com.br

Esfoliação

Uma esfoliação semanal da pele do rosto, seja com produtos de loja, farmácia ou com ingredientes caseiros revela-se eficaz a médio-longo prazo no combate à milia. Pondere na hipótese de recorrer a um centro de estética para realizar peelings (esfoliação química) ocasionais centrados nas áreas do rosto a milia é evidente.

Fonte: melhorcomsaude.com

Aloe Vera

Se lhe agradam os tratamentos naturais, com certeza irá gostar desta sugestão! Ao longo de alguns dias lave seu rosto com gel de aloe vera ou aplique uma porção sobre a milia e deixe secar. Com o tempo a bolinha se tornará mole e você conseguirá espremê-la, mas tome cuidado para tratar bem da área afetada depois de remover a milia, caso contrário poderá infetar e deixar marca.

Dica: Confira também como eliminar milium nos olhos com os melhores remédios caseiros.

Fonte: beauty-expertreviews.blogspot.pt

Se deseja ler mais artigos parecidos a Como tratar milia, recomendamos que entre na nossa categoria de Beleza e Cuidados Pessoais.

Conselhos
  • Ao tentar espremer milia, não force demasiado ou poderá originar uma ferida que deixará marca.
Comentários (0)

Escrever comentário sobre Como tratar milia

O que lhe pareceu o artigo?

Como tratar milia
Fonte: doctorv.ca
Fonte: pediatricsconsultant360.com
Fonte: vilamulher.com.br
Fonte: desocupadaeamae.com.br
Fonte: onofre.com.br
Fonte: melhorcomsaude.com
Fonte: beauty-expertreviews.blogspot.pt
1 de 7
Como tratar milia