Partilhar

Como remover as espinhas com pus

Por Sara Viega. Atualizado: 22 março 2018
Como remover as espinhas com pus

Apareceu uma espinha com pus? É uma marca muito anti-estética que pode ser removida através de passos simples, mas em primeiro lugar, deve evitar a todo o custo tocar-lhe com os dedos, algo que temos muito enraizado nestes momentos e que, no entanto, a única coisa que faz é que infete ainda mais a região e que a sua aparência piore. Assim sendo, nunca toque com os dedos, por muito macia que esteja! Neste artigo do umComo vamos dar-lhe algumas dicas para que aprenda como remover as espinhas com pus de um modo higiênico e que maneira que elas não voltem a aparecer. Tome nota!

Passos a seguir:
1

Certamente que se alguma vez foi a uma esteticista fazer uma limpeza de rosto reparou que, antes de começar o tratamento, a esteticista aplicou vapores no rosto. O motivo deste passo prévio é que com o calor que de desprende consegue-se amolecer a pele e, assim sendo, facilita-se o processo de extração da infecção.

Ou seja, antes de começar com a extração da espinha em questão, será imprescindível que a sua pele esteja macia e, para isso, o melhor é que o faça depois de sair do duche, um momento em que a sua pele está perfeita para ser limpa.

Como remover as espinhas com pus - Passo 1
2

Para remover uma espinha com pus terá que usar um algodão impregnado com álcool. Aplique o algodão na região onde tem a espinha e à sua volta para conseguir que a pele fique limpa antes de rebentar a espinha. O mais recomendado é que espere que o pus se veja bem para proceder à sua extração, caso contrário, é possível que lhe custe muito (e lhe doa) limpar em profundidade. Tenha em que quanto mais à vista estiver a espinha melhor se poderá remover.

Muito importante: nunca o faça com os dedos! Tenha em conta que, por muito que lave as mãos, na pele vivem bactérias que poderão penetrar na sua pele e provocar uma infecção ainda maior. Tente fazê-lo sempre com um algodão ou gaze que esteja bem impregnada em álcool. Aperte até ver que lhe aparece a primeira gota de sangue, este será o indicador que nos dirá que estamos removendo todo o pus que se acumulou.

Como remover as espinhas com pus - Passo 2
3

Caso a sua espinha esteja muito infetada, por ser que lhe doa muito ao pressionar. Neste caso, pode recorrer à ajuda de uma agulha para conseguir libertar o pus que esteja acumulado na pele. Se optar por este método também será essencial que lave a agulha com álcool para a esterilizar.

Assim que a espinha libertar pus, é importante que volte a aplicar a gaze ou algodão por cima da mesma para limpá-la e desinfetar a região. Se for necessário, pode usar uma gaze nova e limpar com mais álcool.

Como remover as espinhas com pus - Passo 3
4

Assim que tiver removido todo o pus da espinha é necessário fechar o poro para que não entre nenhuma outra bactéria que possa voltar a provocar a infeção. Para o conseguir, basta que aplique um pouco de tônico purificante ou algum produto adstringente (o limão ou uma máscara de argila verde pode servir).

5

Depois de limpar o pus, a sua pele ficará vermelha durante uns dias devido à pressão que fez, inclusivamente pode chegar a inflamar. Para conseguir diminuir a inflamação e curá-la o mais depressa possível, pode optar por usar algum destes tratamentos naturais:

  • Gelo: é um dos remédios caseiros mais indicados para ajudar a desinfetar qualquer parte do corpo que se tenha machucado. Terá que colocar um punhado de cubos de gele dentro de uma bolsa de plástico e envolvê-los em um pano, depois, aplique sobre a região onde tem a espinha e deixe atuar durante uns 10 minutos.
  • Pasta de dentes com flúor: o flúor ajudará a diminuir a inflamação e a acelerar o processo de cura. Para o conseguir basta que aplique um pouco de pasta dentária na região e deixe secar. Depois limpe com bastante água e repita até notar melhoras.
  • Limão com sal: o limão é um ingrediente ácido e adstringente, por isso ajudará a limpar a região. Se o misturar com sal, outro produto ideal para depurar, conseguimos um tônico natural que conseguirá uma limpeza profunda da pele.

Se quer conhecer outros truques leia o nosso artigo em que lhe explicamos como desinflamar uma espinha.

Como remover as espinhas com pus - Passo 5
6

Se a sua pele costuma ter espinhas, é essencial que comece a tratá-la com os cuidados necessários. Uma pele oleosa com tendência a sofrer de acne precisa de uma lavagem de rosto diária (manhã e noite) com um sabão neutro e "oil free", desta forma, consegue remover qualquer resto de sujidade que possa ter ficado impregnada nos poros e, portanto, evitar que penetre no poro e produza espinhas com pus.

Também será necessário, pelo menos 1 vez por semana, que faça uma esfoliação da pele do rosto para conseguir limpar as células mortas que são as responsáveis por tapar os poros e, consequentemente, provocar o aparecimento de acne.

Neste artigo do umComo contamos-lhe de forma detalha como evitar as espinhas no rosto.

Como remover as espinhas com pus - Passo 6

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como remover as espinhas com pus, recomendamos que entre na nossa categoria de Peso e Imagem Corporal.

Escrever comentário sobre Como remover as espinhas com pus

O que lhe pareceu o artigo?
3 comentários
A sua avaliação:
Jucelinovlogs
Nunca espremam espinha inflamada, eu sei que da uma tentação mas n, ou espremam fds a pele e de vcs
A sua avaliação:
Emilene
como espremer espinha sem que manche a pelo do rosto? espinha com pus.
Gabriel
Queria saber como faço para sair a espinha com casca

Como remover as espinhas com pus
1 de 6
Como remover as espinhas com pus

Voltar ao topo da página