Partilhar

Como usar ácido azeláico

Por Elisabeth Mamede. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como usar ácido azeláico
Imagem: prevention.com

O ácido azeláico é um grande aliado para os tratamentos dermatológicos, esse ácido tem sido muito utilizado para tratar manchas na pele que podem ter sido causadas por diversos motivos como melasmas, foliculite entre outras causas, também está aliado ao tratamento de acne e no processo de peeling. No umComo você vai conhecer melhor esse produto e descobrir como usar ácido azeláico e quando ele é indicado.

Também lhe pode interessar: Quais os benefícios do ácido azelaico

Modo de usar o ácido azeláico

O ácido azeláico é usado em tratamentos que devem ser acompanhados por um médico dermatologista, isso por que o médico deverá analisar a sua situação e assim indicar a quantia certa de ácido que você necessita. A concentração de ácido azeláico pode chegar a 20% em sua composição de uso e alguns cuidados devem ser tomados. Veja como deve usar o ácido azeláico:

  • Aplicar de 1 a 2 vezes ao dia.
  • Deixar agir sobre a pele em torno de 3 horas.
  • Retirar com água abundante.
  • Passar o produto à noite e deixar agindo por toda a noite, isto pode deixar a pele um pouco ressecada caso ela seja sensível.
  • Após retirar o produto do rosto aguarde cerca de 30 minutos para passar outro produto na pele.
  • Evite esfoliar o rosto antes da aplicação do ácido azeláico.
  • Hidratar sempre a pele durante o tratamento com o ácido azeláico.
  • Os resultados do tratamento começam a ser visíveis a partir de 4 semanas de uso.
Como usar ácido azeláico - Modo de usar o ácido azeláico
Imagem: agorasoumae.com.br

Indicações do ácido azeláico

O ácido azeláico é indicado para tratamentos de pele em várias situações. Veja a seguir algumas indicações do ácido azeláico:

  • Manchas - É recomendado para clarear manchas de pele causadas por fatores como a foliculite, pelos encravados, melasma, manchas de fotoenvelhecimento entre outros casos.
  • Acne - pois possui um efeito anti-inflamatório e secativo.
  • Peeling - Usado como peeling por profissionais.
Como usar ácido azeláico - Indicações do ácido azeláico
Imagem: blog.sfgate.com

Efeitos colaterais do ácido azeláico

O uso do ácido azeláico pode causar alguns efeitos colaterais, por isso é importante antes de começar a usar realizar um teste para verificar se o paciente possui alguma reação alérgica ao ácido azeláico. Para isso aplica-se uma pequena quantia do ácido na parte interna do braço do paciente e aguarda-se por 48 horas para observar a reação.

Os efeitos colaterais do ácido azeláico mais comuns é deixar a pele do paciente irritada, vermelha ou causar descamação na pele que está sendo tratada. Quando isso ocorre deve-se suspender o uso do ácido azeláico e abusar da hidratação da pele.

Como usar ácido azeláico - Efeitos colaterais do ácido azeláico
Imagem: delas.ig.com.br

Ácido azeláico para acne

Muito se tem utilizado o ácido azeláico para tratar a acne, isso por que o ácido trata a acne no combate e crescimento de uma bactéria chamada Propionibacterium (Corynebacterium acnes), essa bactéria participa do desenvolvimento da acne, assim evitando a bactéria consequentemente tratamos a acne. Após uma consulta com seu dermatologista ele pode lhe indicar um gel ou uma pomada com a % nescessária de ácido azeláico que melhor lhe atenderá durante o tratamento.

Um medicamento que possui 15% de ácido azeláico é o Azelan, ele é muito recomendado pelos dermatologistas para estes casos de acne.

Como usar ácido azeláico - Ácido azeláico para acne
Imagem: jurovalendo.com.br

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como usar ácido azeláico, recomendamos que entre na nossa categoria de Beleza e Cuidados Pessoais.

Escrever comentário sobre Como usar ácido azeláico

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
Lima
Posso usar um adstringente sem alcool durante o tratamento com aciso azelaico?

Como usar ácido azeláico
Imagem: prevention.com
Imagem: agorasoumae.com.br
Imagem: blog.sfgate.com
Imagem: delas.ig.com.br
Imagem: jurovalendo.com.br
1 de 5
Como usar ácido azeláico

Voltar ao topo da página